Melhor forma de prevenir as doenças relacionadas está na higienização adequada e frequente dos dentes

A periodontia consiste em tratamentos relacionados pelo que está ao redor do dente: gengiva, ossos e fibras que ligam as raízes aos ossos. Normalmente, a especialidade trata das doenças periodontais, como a placa bacteriana, gengivite e periodontite. Boa parte das pessoas desconhece essas doenças, já que, em muitos casos, são invisíveis até atingir um grau muito severo.

As periodontites são causadas pela infecção de bactérias, que se depositam naturalmente na superfície do dente, formando a conhecida placa bacteriana. Se ela não for removida, pode formar o tártaro ou cáries. Em geral, recomenda-se a visita ao dentista pelo menos duas vezes ao ano e, durante as consultas de rotina, o profissional vai acompanhar a sua boca e identificar a necessidade de limpezas ou de outros tratamentos.

“A higiene bucal adequada, contando com a escova, fio dental e enxaguantes bucais, somada às visitas regulares ao dentista, evitam o desenvolvimento dessas doenças”, explica o profissional Paulo Nacarato, que trata casos de periodontia em São Paulo. Fique atento a alguns sintomas que podem estar relacionados a questões de periodontia:

– Dentes com mobilidade;

– Retrações gengivais;

– Sangramento na gengiva ou gengivas sensíveis e inchadas;

– Formação de pus ao redor do dente;

– Mau hálito constante;

A periodontia exige a visita ao dentista, já que os medicamentos não são indicados na maioria dos casos. Normalmente, a placa bacteriana é removida pela raspagem e alisamento das raízes dos dentes – nos casos em que o procedimento simples não soluciona o problema, pode haver indicação de cirurgia. “Os procedimentos cirúrgicos são indicados para evitar estender as lesões na raiz dos dentes”, reforça Nacarato.

A melhor forma de prevenir as doenças desse grupo está na boa higienização dos dentes e na visita regular ao dentista. Dica: caso a gengiva sangre ao passar o fio dental, não suspenda a ação, visto que o fio ajuda na remoção dos micro-organismos. E, na sequência, procure um profissional!

Problemas com a periodontia em São Paulo? Agende uma consulta!