nomes-dos-dentes

Nomes, funções, formação: saiba mais sobre os seus dentes

Essenciais para a mastigação e fundamentais na estética e para a autoestima, os dentes têm vários tipos e nomes. Cada um deles tem um formato e uma função específica, como cortar ou moer os alimentos. E aí, será que você conhece os seus dentes e para que eles servem? Hoje vamos explicar um pouco mais sobre cada um deles.

Os dentes são constituídos por duas partes: a raiz, inserida no maxilar, e a coroa, parte exposta, logo acima da gengiva. A formação do dente também apresenta algumas camadas: na parte interna tem a polpa, onde estão os nervos e vasos sanguíneos, seguido da dentina e, por fim, do esmalte, que envolve o dente e é a parte mais dura produzida pelo corpo.

Nomes dos dentes

Ao nascermos, os dentes de leite são os primeiros a despontarem na boca: são provisórios e começam a cair a partir dos 4 anos de idade. Normalmente, as crianças têm 20 dentes na boca. Apesar de provisórios, os cuidados com a higienização devem começar desde os dentes de leite. Com a sua queda, nascem os dentes permanentes.

Esses dentes também são diferentes um dos outros. Na frente, estão os incisivos (oito dentes), que servem para cortar os alimentos – por isso estão logo na porta de entrada. Ao lado, dois caninos – dois superiores e dois inferiores (quatro no total). Eles são pontiagudos e, por isso, sua função é perfurar os alimentos.

Continuando, os pré-molares (oito dentes) ajudam a moer a comida e são seguidos dos molares (doze dentes), com raízes mais fortes para aguentarem a pressão da mastigação. Chegando nos terceiros (e últimos) molares (quatro dentes), conhecidos como os dentes do siso.

O siso não nasce em todas as pessoas. Quando aparece é na adolescência, e muitos optam pela extração do siso por falta de espaço, evitando assim que eles cresçam tortos ou acavalados em outros dentes.

No total, 32 dentes fazem parte do sorriso completo do adulto. Esqueça a ideia de que, com o tempo, vamos perdendo os dentes. Saiba que isso não é natural! Para manter os dentes saudáveis e fortes, não tem mistério: boa escovação após a ingestão de alimentos, uso de fio dental e bochecho, visitas periódicas ao dentista para realizar a limpeza e o check-up. Seus dentes e sua saúde agradecem.

CategoryOdontologia

Responsável Técnico - Dr. Paulo Nacarato (CROSP 36130)| Clínica Nacarato Odontologia (CROCL9597)

Logo Profissas

Agende sua consulta!